Ícone do site Pelote Ciclismo

Voo solo: Wout van Aert não encontrou oponentes em Zolder!

Como diria Galvão Bueno, de ponta a ponta Wout van Aert venceu a Superprestige em Zolder. A disputa do dia foi pelo segundo lugar com Eli Iserbyt e Tom Pidcock disputando até o final.

Wout Van Aert vence Superprestige | Foto @Belga

Superprestige Cyclo-cross – Zolder

Com um circuito bem mais interessante e técnico, aconteceu hoje na Bélgica a etapa de Zolder pela Superprestige, a segunda série em importância após a Copa do Mundo. Cabe colocar que durante muitos anos Zolder recebeu a etapa do “boxing day” que acontece após o natal, porém em função de Dendermonde contar com patrocinadores mais fortes, a parte técnica ficou em segundo plano. Quem ganha é a Superprestige, série com 8 provas (para esta temporada a prova de Diegem foi cancelada).

Com trechos mais sinuosos e subidas e descidas mais naturais, a prova em Zolder exige dos ciclistas um nível maior de pilotagem. Apesar de ser o grande vencedor em Zolder, Mathieu Van der Poel não chegou como franco favorito. Lidando com a lesão nas costas nos jogos olímpicos e com a lesão recente no joelho, o holandês campeão mundial da modalidade confirmou sentir o ritmo nesse retorno a competição.

Desde o princípio de prova, Wout Van Aert mostrou estar em outro patamar de pilotagem abrindo vantagem a cada volta. Já Van der Poel sofria para ficar no grupo que disputava o segundo lugar. Com metade da prova, Wout levava 50 segundos de vantagem para o grupo perseguidor liderado por Tom Pidcock. Pidcock trazia com sigo Quinten Hermans e Eli Iserbyt.

Wout Van Aert dominante

Durante a sexta volta, Wout van Aert caiu, ainda assim ao final da volta perdeu apenas seis segundos para o Eli Iserbyt. A vantagem de quase um minuto já deixava claro que a disputa seria pelo segundo lugar.

Wout van Aert cai em Zolder | Captura TV

Na disputa pelo segundo lugar, Tom Pidcock optou por ficar de roda em Iserbyt. Com dificuldades, Van der Poel abandonou a prova durante a sétima volta. Na ponta Wout van Aert venceu a prova com um minuto de vantagem sobre Tom Pidcock que venceu o sprint contra Eli Iserbyt que completou o pódio.

 

Sair da versão mobile