TV Cultura investe pesado em automobilismo e ciclismo não tem transmissão.

Luiz Papillon

A TV Cultura anunciou nos últimos dois meses duas grandes novidades na grade esportiva da TV estatal do mais populoso e rico estado brasileiro: A Formula E e a Formula Indy. Os dois eventos trazem a programação da TV Cultura um reflexo dos últimos 50 anos de incentivo ao automóvel: carros em alta velocidade.

Carro de Formula Indy em abastecimento | Foto IMS New Media
Carro de Formula Indy em abastecimento | Foto IMS New Media

Até esse momento não há nenhum evento de ciclismo nacional ou internacional previsto para ser transmitido em TV aberta. Ou seja, uma modalidade que simboliza em todo mundo a modernidade, a busca pelo melhor condicionamento físico segue apartada do público brasileiro. Enquanto isso motores roncam consumindo petróleo, metanol ou mesmo silenciosamente consumindo lítio praticamente todos os finais de semana e no caso da TV Cultura, com dinheiro público. Passou da hora de apagar essa chama.

É de se compreender uma TV com fins lucrativos optar pelo imediatismo da maior audiência, afinal a crise está ai e todo financiamento é necessário. Entretanto, uma TV Pública que em tese não tem compromisso com a audiência escolher transmitir esportes a motor deve ser sim questionada.

Nem em Indiana a Indy passa na TV Aberta

O automobilismo é essencialmente um esporte de transmissão paga, nem mesmo no estado norte-americano de Indiana, sede do célebre circuito de Indianapolis,  a Indy passa na TV aberta (a exceção das 500 milhas de Indianapolis). Nos países onde a F1 corre, usualmente é transmitida apenas a prova do país ou quando um piloto natural daquele país disputa o título. A Indy é transmitida nos EUA pela NBC Sports ao custo anual de 75 dólares. Você pode conferir aqui a lista de transmissão internacional da categoria.

ESPN não transmite Clássicas Belgas e Italianas

Sem sinal
Sem sinal | Arte Internet

Enquanto isso mesmo na TV paga o espaço do ciclismo segue sendo reduzido. A emissora que na última década mais eventos de ciclismo transmitiu, acionou o freio. A ESPN, emissora do grupo Disney até ano passado transmitiu a maioria das provas WorldTour e muitas do nível ProSeries seja em um de seus canais, seja na plataforma online. Para 2021, a ESPN transmitiu na TV apenas a Paris-Nice, competição de seis dias e a clássica Milão Sanremo. Enquanto no Watch ESPN  foi transmitida a volta de uma semana Tirreno Adriatico.

 

Órfão, fã do esporte recorre a pirataria

Montagem de pirata em teclado | Arte Wired
Montagem de pirata em teclado | Arte Wired

O fã do esporte, acostumado a ver os eventos mesmo que na TV fechada, acaba tendo de recorrer a pirataria. Diversos fãs e até o comentarista oficial da TV paga, partiram sem pudores para retransmissão sem autorização. Aquela prática que ao pé da lei é definida por pirataria, numa busca por audiência sempre com uma boa intenção.

Sem eventos, equipes agonizam

Tudo isso ao mesmo tempo que o campeão brasileiro de 2019 ainda utiliza a camisa de campeão, afinal desde março de 2020 praticamente não tivemos ciclismo de estrada no Brasil (a exceção da Volta de Goiás). Todos os demais eventos do calendário não aconteceram, sequer com protocolo. Enquanto isso o futebol segue tendo jogos a cada dois dias no Brasil.

Alessandro Guimarães treina em estradas de Ouro Preto - MG | Foto Instagram
Alessandro Guimarães treina em estradas de Ouro Preto – MG | Foto Instagram

Os únicos eventos oficiais de ciclismo realizados em 2020 e 2021 foram as assembleias para eleição de presidentes de federação e confederação. Os demais eventos realizados foram por iniciativa de organizadores privados do MTB ou granfondos de ciclismo de estrada para uma seleta clientela.

Esse movimento acaba sepultando uma a uma as equipes cada vez menos profissionais no Brasil. O reflexo foi sentido nas eleições para CBC, em um país com mais de 200 milhões de pessoas, apenas cinco equipes tiveram direito a voto. Sendo uma de para-ciclismo, uma de BMX, uma de MTB e duas de estrada, um número miserável. Equipes tradicionais como Cannondale, Funvic Pindamonhangaba, Ribeirão Preto, Avaí e Memorial Santos não estavam com a documentação apta a voto.

Mesmo a nova equipe de fábrica para ciclismo de estrada, mantida pela Sense, sequer apresentou uniformes. Os atletas que sem competição mantem suas redes sociais como influenciadores, ainda utilizam sobra do material esportivo dos últimos anos de outras equipes ou da seleção brasileira. A situação não é precária, é falimentar.

 

Momento Avancini é desperdiçado

Ter um esportista brasileiro que pode disputar de igual para igual e levar a bandeira brasileira no topo do pódio de um esporte. Assim algumas gerações aprenderam a ver a Fórmula 1 aos domingos na Rede Globo durante mais de 40 anos. Agora, com um brasileiro no topo do ranking do Mountain Bike, esse momento é completamente desperdiçado pela grande mídia. Apenas relances das vitórias do maior ciclista brasileiro são veiculados em canto de página nas grandes redações.

Henrique Avancini
Henrique Avancini | Foto divulgação TV Redbull

O único meio para ver as provas de Avancini é assistir na excelente TV Redbull gratuitamente as etapas da Copa do Mundo de MTB XCC e XCO (Circuito curto e Circuito Olímpico).

Programa Vamos Pedalar

A TV Cultura exibiu quatro temporadas do programa independente Vamos Pedalar, uma espécie de show de variedades sobre o mundo da bike. Os episódios vão ao ar aos sábados às 11h e aos domingos às 6h. Os vídeos podem ser acompanhados no canal do programa no Youtube.

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Vini Zabu desiste do Giro d'Italia 2021 e Androni Giocattoli recebe vaga!

Na esteira do escândalo de doping envolvendo a equipe Vini Zabu KTM, a equipe suspendeu suas atividades e com isso abriu espaço para a organização do Giro d’Italia convidar a Androni Giocattoli. Androni Giocattoli Sidermec é convidada para o Giro d’Italia 2021 Sob intensa pressão, a equipe Vini Zabu decidiu […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: