Roglic cai, Schachmann é bicampeão da Paris Nice em dia de vitória para Magnus Cort!

Luiz Papillon

O ciclismo é um esporte cruel que marca na pele os erros. Primoz Roglic perdeu a Paris Nice 2021 e saiu com múltiplas escoreações após cair duas vezes durante a curta e sensacional etapa de encerramento. A vitória na etapa ficou para o dinamarquês Magnus Cort da Ef Nippo, mas todos os olhares ficaram para o esloveno da Jumbo e claro, para o alemão Maxmilian Schachmann da Bora que não tem nada com os problemas de Roglic e sagrou-se bicampeão da Paris Nice.

 

Max Schachmann venceu a Paris Nice 2021 | Foto A.S.O.
Max Schachmann venceu a Paris Nice 2021 | Foto A.S.O.

Em um momento de hombridade e respeito mútuo, o alemão bicampeão declarou:

“Eu não sei como posso ficar feliz. Eu não sei, não é legal vencer assim.” Maxmilian Schachmann

Paris Nice 2021 – Etapa 8 – Le Plan du Var a Levens – 92,7km

Se a etapa 5 da Tirreno Adriático foi monumental hoje, a Paris Nice não fez por menos. Primoz Roglic que tinha uma liderança aparentemente tranquila, caiu duas vezes durante a etapa 8 da Paris Nice e perdeu o título!

O que pode acontecer em uma etapa curta de apenas 92,7km? No caso da Paris Nice 2021, tudo! A organizadora da Paris-Nice, a ASO (Amaury Sport Association), vem adotando algumas etapas curtas e explosivas em suas provas, incluindo no Tour de France. A etapa final da Paris Nice 2021 foi mais uma bem sucedida experiência com etapa reduzida.

O esloveno Primoz Roglic da Jumbo Visma, largou com 52 segundos de vantagem sobre o alemão Maxmilian Schachmann da Bora. Em condições normais, ninguém apostaria em uma perda de título, mas o esporte é sempre surpreendente. Roglic caiu a primeira vez logo no começo da etapa no circuito de 36km próximo a Nice. Mais tarde, na mesma descida, Roglic caiu novamente, nem as câmeras filmaram a queda, só sendo notado quando ele apareceu bem mais atrás entre dois grupos.

Enquanto isso a corrida pegava fogo na frente com a Bora puxando o pelote. As notícias da queda de Roglic só chegaram alguns minutos depois, pela própria equipe Jumbo Visma.  Na marca de 11km para o final os remanescentes da fuga foram neutralizados e começou a pancadaria. Dylan Van Baarle pela Ineos, depois Vlasov pela Astana e Max Schachmann pela Bora trocaram ataques.

No final a chegada acabou acontecendo em um sprint de subida vencido pelo dinamarquês Magnus Cort da equipe EF Nippo. O francês Christophe Laporte foi o segundo pela equipe Cofidis e seu compatriota Pierre Latour o terceiro pela Total Direct Energie. Schachmann completou em décimo lugar garantindo o bicampeonato na Paris-Nice.

Roglic não comparece ao pódio

O pódio da classificação geral teve além de Schachmann com a camisa amarela, Aleksandr Vlasov em segundo e Ion Izaguirre em terceiro, ambos pela equipe Astana Premier Tech. Roglic mesmo com a derrota conquistou a camisa verde por pontos, mas precisou de atendimento médico e não subiu ao pódio. Anthony Perez da Total Direct Energie foi o Rei da Montanha enquanto Vlasov o camisa branca (melhor jovem até 25 anos). Entre as equipes a vitória ficou com a Astana Premier Tech.

“Na primeira queda meu ombro esquerdo foi deslocado e depois ainda caí novamente. Eu realmente não pensei que a vitória poderia escapar das minhas mãos. É sempre uma luta consigo mesmo, de fazer o máximo que você pode. Eu dei tudo. Claro que estamos desapontados, mas o mundo segue a girar e devemos olhar adiante. Poderia ser muito pior, felizmente estarei bem em alguns dias.” Primoz Roglic

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Vitória da fuga com Mads Schmidt na Tirreno Adriático

O dinamarquês Mads Wurtz Schmidt da equipe Israel StartUp Nation venceu a etapa 6 da Tirreno Adriático. Seus companheiros de fuga, o belga Brent van Moer (Lotto Soudal) e Simone Velasco (Gazprom Rusvelo) completaram o pódio. Tirreno Adriático 2021 – Etapa 6 – Casltelraimondo a Lido di Fermo – 169km […]
Madz Scmidt venceu Etapa na Tirreno Adriático 2021 | Foto: RCS Tirreno Adriático

leia também

Receba as novidades em seu e-mail