Deceuninck Quick Step vence na volta do ciclismo Belga

Luiz Papillon

O francês Florian Sénéchal de 26 anos venceu a prova que marcou a reabertura do ciclismo belga. A prova, organizada pela empresa de vestuário Vermac foi a primeira realizada em 4 meses no país do ciclismo. Em segundo, ficou o holandês Oscar Riesebeek da Alpecin Fenix, e em terceiro o belga Victor Campenaerts pela NTT Pro Cycling que correu de forma avulsa.

Primeira prova no retorno do ciclismo belga

A prova que normalmente passaria desapercebida do público fora da pequena Rotselaar. Contudo em função da pandemia causada pelo coronavírus, esta foi a primeira prova na reabertura do ciclismo belga. Seguindo os protocolos de reabertura, apenas 200 pessoas puderam acompanhar e para isso a organização, fechou as zonas de largada e chegada para garantir o distanciamento social.

Entre os participantes, destaque para os campeões belga e holandês, respectivamente Tim Merlier e Fabio Jakobsen. Com restrição a equipes com sede na Bélgica, a prova contou com pouquíssimos atletas estrangeiros, entre eles justamente o vencedor Florian Sénéchal além de John Degenkolb pela Lotto Soudal.

Homenagem a Niels De Vriendt

Ciclista Niels De Vriendt | Foto: VDM Van Durme-Michiels Trawobo

Foi respeitado um momento de silêncio antes da largada, em homenagem a Niels De Vriendt, ciclista amador que morreu ontem durante uma prova treino em Wortegem-Petegem. O amador que competia pela equipe continental VDM-Vam-Durm-michiels-Trawobo, sofreu uma parada cardíaca e mesmo com esforços em ressuscita-lo por 40 minutos, não resistiu. O treino que contava com estrelas como Sep Vanmarcke ee Tim Merlier foi cancelado restando 13km para o final. Os companheiros de Niels De Vriendt ficaram a frente do pelote durante a homenagem.

Ciclistas da VDM-Vam-Durm-michiels-Trawobo | Foto @VRT

Largada contou com Eddy Merckx

A bandeirada de largada foi dada por Eddy Merckx. Após uma volta inicial de 10km, os 238 ciclistas de 24 equipes percorreram mais dez voltas com 15,4km. Logo uma fuga formou-se e o pelote se dividiu em vários grupos. Nos 30km finais o grupo de líderes foi diminuindo e pela última volta Sénéchal, Riesebeek e Campenaerts ficaram com vantagem de 40 segundos sobre o grupo perseguidor.

Ao final, Sénéchal não esperou pelo sprint e atacou antes em um trecho de leve subida. O ataque foi o suficiente para obter cerca de 50m de vantagem e vencer a prova. No sprint do grupo de perseguição, Stijn Steels ficou com o quarto posto também pela Deceuninck Quick Step.

  1. Florian Sénéchal – Deceuninck Quick Step
  2. Oscar Riesebeek – Alpecin Fenix
  3. Victor Campenaerts – NTT ProCycling (Avulso)
  4. Stijn Steels – Deceuninck Quick Step
  5. Lionel Taminiaux – Bingoal Wallonie
  6. Tim Merlier – Alpecin Fenix

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Comparativo de Bicicletas de Estrada Básicas!

Com o relaxamento das medidas de distanciamento social da pandemia, o brasileiro aumentou o interesse por bicicletas mesmo sem um apoio oficial do governo. Este comparativo tenta ajudar o ciclista na opção de uma bicicleta de estrada. Você pode decidir utilizar uma bicicleta por diversos motivos, é possível evitar aglomerações […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: