Alex Zanardi em estado grave

Luiz Papillon

O paraciclista, ex-piloto de F1 e Indy, Alex Zanardi foi atropelado por um veículo nesta manhã na província de Siena na Itália.

Zanardi participava de uma das etapas do desafio Obiettivo Tricolore, um revezamento que reúne atletas paralímpicos em seus triciclos. O trajeto de revezamento do dia previa uma viagem em direção a Montalcino com o ex-ciclista Daniele Bennati. Zanardi passava por um trecho sinuoso da estrada que liga Pienza a San Quirico e talvez por um buraco na pista, teria derrapado deslizando para a pista contrária. Zanardi teria batido em um caminhão antes de parar sob um carro.

Os atletas que estavam com Zanardi acionaram o serviço de emergência com policiais e bombeiros efetuando os primeiros socorros, ao final de 25 minutos Zanardi foi transferido de helicóptero para o hospital de Santa Maria Le Scotte em Siena. Conforme relato do ciclista paralímpico Alessandro Cresti, Zanardi manteve a consciência durante todo socorro.

Primeiro boletim médico: Condição Gravíssima

Foi divulgado o primeiro boletim médico relativo a condição clínica de Alex Zanardi. O ciclista foi admitido as 18h no Pronto Socorro, avaliado e levado para sala de trauma com traumatismo craniano e está sendo submetido neste momento a uma delicada intervenção neurocirúrgica.

Obiettivo Tricolore – Uma viagem de 28 dias pela Itália

Zanardi foi o idealizador do Obiettivo Tricolore (Objetivo Tricolor), um revezamento de 28 dias pela itália com objetivo de passar a mensagem de renascimento após a pandemia do coronavírus. Nos primeiros dias de viagem, Zanardi visitou hospitais e contou com diversos atletas em sua companhia. Para o dia de hoje estava programada a presença do ciclista italiano Daniele Bennati.

Alex Zanardi, superou tragédia no automobilismo

Alex Zanardi competiu na Formula 1 e na Cart sendo bicampeão da categoria em 1997 e 1998. Após uma temporada da F1 em 1999, Zanardi competiu mais uma temporada na Cart quando sofreu um acidente onde perdeu as duas pernas. Após a recuperação passou a dedicar-se ao paraciclismo, obtendo 10 títulos mundiais e 4 medalhas de ouro paraolímpicas.

 

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Primoz Roglic venceu o campeonato esloveno de ciclismo na primeira corrida UCI desde o início da pandemia.

Em tempos normais a vitória de Primoz Roglic traria apenas algumas linhas nas redações de ciclismo pelo mundo. Mas a prova de hoje foi diferente e especial, marcando o retorno do ciclismo na Europa após 97 dias de suspensão devido a pandemia causada pelo coronavírus. A prova de 145.8km entre […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: