Marczynski vence, Contador da show e Froome cai!

Luiz Papillon

A 12ª Etapa da Vuelta acabou a pouco em Antequera, movimentada desde o pré prova com o incêndio do ônibus da Aqua Blue, Contador atacou na subida a Villanueva de la Concepcion enquanto no começo da descida Froome teve dois problemas, primeiro um problema na bicicleta o fez trocar e logo em seguida ele caiu numa curva. Ao fim Contador descontou pouco mais de 20″ para o grupo líder enquanto Froome perdeu perto de 20″ de sua larga vantagem.

Thomasz Marczynski vencedor da etapa 12

Confira o último quilômetro:

Antes do início de prova ainda muita indignação e comoção por conta do incidente com o ônibus da Aqua Blue e o excelente espírito esportivo no qual as demais equipes não somente demonstraram solidariedade como se uniram em prol de tornar menores as dificuldades para a equipe vítima do ato criminoso, no âmbito esportivo George Bennett da Lotto Jumbo abandonou ainda em consequências de seus ferimentos no Tour de France e Serge Pawels da Dimension Data abandonou por estar doente deixando a equipe com apenas quatro pilotos na prova.

No princípio algumas tentativas de fuga pela Aqua Blue foram neutralizados até que um grupo de 14 pilotos lançou a fuga, entre eles Edward Theuns da Trek, Pawel Poljanski da Bora, Marczynski da Lotto Soudal e Omar Fraile da Dimension Data.

Na primeira montanha do dia ao longo dos 17.4km  a 4.9% para Puerto del Leon a fuga trazia sete minutos de vantagem sobre o pelote que não esboçou reação nem ataques e com isso a possibilidade de vitória da fuga aumentava, na chegada a segunda e última montanha do dia, uma dura subida com 7.6km e gradiente médio de 7% motivou ataques na fuga, com Fraile atacando primeiro e depois o polonês Marczunski. No momento em que o pelote começou a subir quem atacou foi Alberto Contador.

O espanhol em sua última grande volta da carreira atacou com Nicolas Roche e foi colocando tempo no peloter:

Na ponta Marczynski liderava por 50″ sobre Fraile, Canty, Rojas e Poljansky faltando 20km para o final, no pelote Froome e Nibali conversavam enquanto os gregários da Sky aceleravam para neutralizar contador que levava 35″ sobre o grupo dos favoritos, Roche sobrou de Contador que ficou solo e logo após vimos Froome trocando a bicicleta, com algum problema mecânico, tão logo o britânico começou a perseguir o pelote ele caiu sem gravidade mas forçando seus companheiros a o esperarem para tentar minimizar danos:

Restavam apenas 4km para o final e o pelote acelerou numa tentativa em impor uma perda maior a Froome, na ponta Marczynski venceu com 52″de vantagem sobre Fraile, José Rojas da Movistar e Poljanski, enquanto no pelote a perseguição seguia, Contador cruzou 21″ a frente do grupo de favoritos e Froome 20″ atrás do grupo, dando uma apimentada na disputa pelo pódio da Vuelta.

Os dez melhores colocados da prova foram:

1. MARCZYNSKI Tomasz LOTTO SOUDAL 03h 56′ 45” B : 12”
2. FRAILE MATARRANZ Omar TEAM DIMENSION DATA 03h 57′ 37” B : 09” + 00′ 52”
3. ROJAS José Joaquin MOVISTAR TEAM 03h 57′ 37” B : 04” + 00′ 52”
4. POLJANSKI Pawel BORA – HANSGROHE 03h 57′ 37” + 00′ 52”
5. CLEMENT Stef TEAM LOTTO NL – JUMBO 03h 57′ 37” + 00′ 52”
6. CANTY Brendan CANNONDALE DRAPAC PROFESSIONAL CYCLING TEAM 03h 58′ 27” B : 01” + 01′ 42”
7. PEREZ Anthony COFIDIS, SOLUTIONS CREDITS 03h 59′ 35” + 02′ 50”
8. POLANC Jan UAE TEAM EMIRATES 03h 59′ 35” + 02′ 50”
9. SCHILLINGER Andreas BORA – HANSGROHE 03h 59′ 35” + 02′ 50”
10. ARROYO DURAN David CAJA RURAL – SEGUROS RGA 03h 59′ 45” + 03′ 00”

Na classificação geral, tudo muito mais embolado, na disputa pelo pódio:

1. FROOME Christopher TEAM SKY 49h 22′ 53”
2. NIBALI Vincenzo BAHRAIN – MERIDA 49h 23′ 52” + 00′ 59”
3. CHAVES RUBIO Johan Esteban ORICA – SCOTT 49h 25′ 06” + 02′ 13”
4. DE LA CRUZ MELGAREJO David QUICK – STEP FLOORS 49h 25′ 09” + 02′ 16”
5. KELDERMAN Wilco TEAM SUNWEB 49h 25′ 10” + 02′ 17”
6. ZAKARIN Ilnur TEAM KATUSHA ALPECIN 49h 25′ 11” + 02′ 18”
7. ARU Fabio ASTANA PRO TEAM 49h 25′ 30” + 02′ 37”
8. WOODS Michael CANNONDALE DRAPAC PROFESSIONAL CYCLING TEAM 49h 25′ 34” + 02′ 41”
9. CONTADOR Alberto TREK – SEGAFREDO 49h 26′ 06” + 03′ 13”
10. LOPEZ MORENO Miguel Angel ASTANA PRO TEAM 49h 26′ 44” + 03′ 51”

 

Matteo Trentin segue líder da disputa por pontos seguido de perto por Froome.

1. TRENTIN Matteo QUICK – STEP FLOORS 78 pts
2. FROOME Christopher TEAM SKY 75 pts
3. POLJANSKI Pawel BORA – HANSGROHE 58 pts
4. ROJAS José Joaquin MOVISTAR TEAM 57 pts
5. MARCZYNSKI Tomasz LOTTO SOUDAL 54 pts

 

Davide Villella segue lider de montanha com certa folga, mas ainda teremos muita montanha nessa edição:

1. VILLELLA Davide CANNONDALE DRAPAC PROFESSIONAL CYCLING TEAM 38 pts
2. ROJAS José Joaquin MOVISTAR TEAM 27 pts
3. FROOME Christopher TEAM SKY 21 pts
4. LATAPUMA HURTADO Jhon Darwin UAE TEAM EMIRATES 18 pts
5. DE GENDT Thomas LOTTO SOUDAL 17 pts

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Trentin vence pela terceira vez na Vuelta!

O sprinter italiano da Quick Step voltou a brilhar vencendo pela terceira vez uma etapa da Vuelta. Com um final complicado que provocou cortes no pelote Froome e Nibali se beneficiaram ganhando tempo sobre os principais adversários. Gianni Moscon da Sky foi segundo com Soren Andersen da Sunweb em terceiro. […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: