Viviani é ouro!

A prova do omnium masculino foi emocionante, com seis modalidades disputadas e uma pontuação atribuída a cada performance, mantem até o final o expectador grudado na tela e ontem não foi diferente.

viviani

O omnium no ciclismo de pista reúne seis provas:

  • Scratch:

Todos largam juntos e ao final de 15.000m são atribuídos pontos do primeiro ao último.

  • Perseguição individual:

Dois ciclistas largam em lados opostos com o mesmo sentido e um precisa alcançar o outro para eliminar o concorrente ou completar a distância de 4.000m no menor tempo. A pontuação é dada conforme o melhor tempo.

  • Corrida de eliminação:

Todos largam juntos e a cada duas voltas o último é eliminado.

  • Contra o Relógio:

Melhor tempo em 1.000m

  • Corrida por Pontos:

Todos largam juntos, a cada dez voltas há um sprint e são distribuídos pontos para os quatro primeiros (5,3,2 e 1), adicionalmente o piloto que der uma volta no grupo ganha 20 pontos enquanto o que tomar uma volta do grupo perde 20 pontos.

Os três pilotos World Tour de estrada que competiram na prova foram muito bem e disputaram até o final a vitória, Fernando Gaviria colombiano da Ettix foi o quarto colocado, Mark Cavendish britânico da Dimension Data medalha de prata e Elia Viviani italiano da Sky o grande vencedor.

O piloto dinamarquês Lassen Hansen, da Stölting Service Group, equipe continental e campeão mundial de pista conquistou a medalha de bronze a frente de Gavíria.

Gideoni Monteiro o brasileiro que disputou a prova ficou num honroso 13º lugar, tendo sua melhor performance na prova de eliminação onde ficou num impressionante sexto lugar.

gideoni

Hoje acontece a prova feminina encerrando as atividades no velódromo olímpico.