Simon Yates ganha solo em Fayence!

Um ataque na última subida e o inglês da Orica Scott ganhou solo a sexta etapa da Paris Nice!

Hoje a Paris Nice teve seu primeiro dia de alta montanha, saindo do belíssimo sul da Provença em Aubagne, onde fica a sede da Legião Estrangeira, e seguindo por 193,5km para Fayence no topo dos Alpes Marítimos, a etapa rainha da Paris Nice com três montanhas de primeira categoria, duas de segunda categoria e uma de terceira começou direto com uma escalada de CAT1 para a Col de lÉspigoulier, logo depois a meta de sprint uma longa descida, zona de alimentaçào e começaram as pirambeiras novamente.

O primeiro KOM ficou para Jeannesson da Fortuneo com Calméjane da Direct Energie em segundo, durante a descida o pelote acelerou para a meta de sprint, Contador e Simon Yates sobraram fazendo suas equipes esperarem para os colocar novamente no pelote. No sprint a meta ficou com Sam Bennett da Bora com Matthews da Sunweb em segundo e Philippe Gilbert em terceiro.Após uma primeira tentativa de fuga neutralizada outro grupo atacou com Alessandro De Marchi da BMC, Axel Domont da Ag2r, Winner Anaconda e Jose Herdada da Movistar, Valgren da Astana, Ben Swift da Emirates, Chavanel da Direct Energie e Sepulveda da Fortuneo, na marca de 65km mantinham 2’50” de vantagem sobre o pelote e foram ampliando a vantagem para com 100km percorridos terem 4’10” de vantagem.

Veio o KOM de CAT2, a Cote des Tuilieres, Domont venceu a meta seguido por Sepulveda, Chavanel, Valgren e Anacona, logo em seguida a meta de CAT2, Cote de Mont Meaulx, Domont novamente venceu seguido por Sepulveda e Swift, nesse momento a vantagem para o pelote diminuia para 2’30”, na traseira do pelote os sprinters sobrando, Greipel, Kittel, Demare, juntamente com Kruijswijk e o atual KOM, Hardy da Fortuneo.

Cerca de 50km para o final, a vantagem da fuga em dois minutos e se aproximando da subida de col de Bouraille de Cat1, a fuga começa a desmanchar com De Marchi e Sepulveda a frente, atrás Contador ataca seguido por Dan Martin e Henao mas logo voltam ao pelote. No topo da Bourigaille, Sepulveda conquista o KOM seguido por De Marchi, Domont, Swift, Herrada, Anacona e Valgren, iniciam a descida com pouca ação e logo a vantagem da fuga agora com apenas Sepulveda e De Marchi baixa para casa de um minuto, restavam 35km para o final com mais uma passagem pela Col de Bourigaille porém escalando por outra face e a chegada em Fayence.

Durante a escalada a fuga é pega, o grupo de líderes com Alaphilippe, Contador, Pantano, Porte, Zakarin e Yates passa a liderar, com 18km par ao final Simon Yates da Orica ataca faltando 600m e passa a liderança com 10s sobre o pelote e segue ampliando a diferença, com 2km para o final sua vantagem era de 45s, famoso “não perde mais”, a chegada em subida garantiu emoções no pelote, ataque primeiro de Tony Gallopin, depois Sergio Henao enquanto Alaphilippe seguiu ambos.


E assim ficamos, Simon Yates ficou em primeiro, Sergio Henao ficou com o segundo lugar e Richie Porte em terceiro, Alaphilippe chegou em quarto com seu companheiro Dan Martin em quinto. Yates declarou antes do pódio:

Eu tinha uma pequena intenção de tentar algo, mas isso dependia de como eu me sentia e as condições. Captei o momento e disse para mim mesmo “por que não?” Eu não tinha nada a perder se fosse pego. Então eu tentei e estou muito feliz que tenha funcionado. É uma das grandes corridas que nós fazemos e uma das mais duras provas de uma semana. Estou realmente feliz em vencer novamente, é minha primeira vitória da temporada e espero que isso continue para um bom ano.

1 Simon Yates (GBr) Orica-Scott 4:37:51
2 Sergio Henao (Col) Team Sky 17
3 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team 26
4 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors 29
5 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors
6 Jon Izaguirre (Epa) Bahrain-Merida 32
7 Jakob Fuglsang (Din) Astana Pro Team
8 Alberto Contador (Epa) Trek-Segafredo
9 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin
10 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal

Na classificação geral, Alaphilippe segue liderando por 36 segundos sobre Gallopin e 46 sobre Sergio Henao enquanto Yates com o bônus encostou em Contador agora 1’37” da liderança.

 

1 Julian Alaphilippe (Fra) Quick-Step Floors 21:58:22
2 Tony Gallopin (Fra) Lotto Soudal 0:00:36
3 Sergio Henao (Col) Team Sky 0:00:46
4 Gorka Izagirre (Epa) Movistar Team 0:00:57
5 Daniel Martin (Irl) Quick-Step Floors 0:01:20
6 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:01:31
7 Alberto Contador (Epa) Trek-Segafredo 0:01:34
8 Simon Yates (Gbr) Orica-Scott 0:01:37
9 Jon Izaguirre (Epa) Bahrain-Merida 0:02:04
10 Warren Barguil (Fra) Team Sunweb 0:03:08

 

Com todo esforço do dia, Axel Domont ficou com a camisa de montanhista, a sétima etapa amanhã percorrerá 177km de Nice a Col de La Couillole,com três montanhas de Cat1 e uma de Cat2.

Deixe uma resposta