Queda e Quintana mudam tudo no Giro!

Quintana soberbo no Blockhaus venceu após uma sequência matadora de ataques que será vista e revista por décadas! Pinot e Dumoulin, dois ótimos contrarrelogistas se colocaram em patamar de disputa pela maglia rosa ao menos antes da última semana de montanhas.

O Giro seguiu sua caminhada pela costa adriática da Itália partindo de Montenero de Bisaccia para fechar a etapa na colossal subida do Blockhaus, uma montanha dos Alpes Apeninos na região dos parques Abruzos, a organização ainda para apimentar a disputa escolheu a mais dura das subidas como trajeto, 13.65km com 8,4% de inclinação média com trechos de até 14%, uma parede, palco do nascimento da lenda máxima do ciclismo Eddy Merckx até então conhecido como um sprinter, foi em 1967 que o Giro subiu pela primeira vez o Blockhaus e justamente Eddy deixava de ser um sprinter para ser o Canibal.

Logo no início de prova uma fuga com nove pilotos obteve certa vantagem motivando o pelote a reagir, entre os corajosos da fuga, o veterano Luis Leon Sanchez da Astana, Matteo Busato da Wilier, Iljo Keisse da Quick Step e Omar Fraile da Dimension Data eram os mais conhecidos. Logo em seguida juntaram-se a fuga Pierre Rolland da Cannondale, Marczynski da Lotto e Sacha Modolo da Emirates. O pelote controlou a distância já sabendo que sem escaladores natos a fuga não resistiria aos primeiros quilômetros de Blockhaus.

E com 22km restantes de prova estavam todos juntos prontos para a subida e… o imponderável aconteceu e da forma como os amantes do esporte mais detestam. Uma moto da polícia que fazia escolta parou no bordo esquerdo da pista! Os primeiros conseguiram notar e desviar da moto mas uma queda terrível aconteceu colhendo praticamente toda equipe Skya além de diversos outros pilotos. Geraint Thomas e Mikel Landa co-lideres da Sky ficaram vários minutos no solo recebendo atendimento médico, Wilco Kelderman fraturou de tal forma o dedo que precisou abandonar e seguir para cirurgia. A dupla da Sky apesar do descontentamento e tristeza estampada montou em suas bicicletas e partiram para completar a prova, e a montanha ainda estava por começar propriamente.

Durante a escalada brutal, o grupo lider foi ficando selecionado e a Movistar tinha três companheiros de Quintana entre os líderes, com seu capitão bem os gregários promoveram uma aceleração brutal na frente, ficaram com Nairo seu arquirrival Nibali, Pinot e um pouco atrás Dumoulin e Mollema, ai Quintana deu o primeiro ataque, Nibali e Pinot seguiram, veio o segundo e Nibali ficou, Pinot ainda seguiu mas não conseguia manter o nível de potência de Quintana e perdia terreno a cada pedalada, a dupla Dumoulin e Mollema passou por Nibali e agrupou-se com Pinot e assim foram perseguindo Nairo para minimizar perdas. No final um Nairo Quintana soberbo triunfou com 24 segundos de vantagem sobre Pinot e Dumoulin e 1 minuto sobre Nibali, ainda haviam de ser contabilizados os bônus (10 segundos para o primeiro, 06 segundos para o segundo e 04 para o terceiro).

Confira os melhores momentos:

Na classificação geral uma aparente tranquilidade para Quintana mas nada decidido, pois com dois contra-relógios por vir, a ameaça agora vem do holandês Tom Dumoulin que pode bater essa diferença, porém é esperado que Nairo coloque mais tempo nas altas montanhas.

A etapa ficou:

1 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 3:44:51
2 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:24
3 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb
4 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo 0:00:41
5 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida 0:01:00
6 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale 0:01:18
7 Tanel Kangert (Est) Astana Pro Team 0:02:02
8 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:02:14
9 Sébastien Reichenbach (Swi) FDJ 0:02:28
10 Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac 0:02:35

A classificação geral ficou:

1
Nairo Quintana (Col) Movistar Team
 42:06:09
2 Thibaut Pinot (Fra) FDJ 0:00:28
3 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb 0:00:30
4 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo 0:00:51
5 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida 0:01:10
6 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale 0:01:28
7 Ilnur Zakarin (Rus) Katusha-Alpecin 0:02:28
8 Davide Formolo (Ita) Cannondale-Drapac 0:02:45
9 Andrey Amador (CRc) Movistar Team 0:02:53
10 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo 0:03:06

Mikel Landa ficou 27 minutos abaixo de Quintana enquanto Geraint Thomas é o melhor colocado da Sky com 5’14” abaixo.

Deixe uma resposta