Pascal Ackermann vence sprint na 2ª etapa do Giro 2019

O sprinter alemão Pascal Ackermann da Bora venceu a segunda etapa do Giro 2019. A etapa de 205km tinha duas subidas categorizadas e a fuga teve Giulio Ciccone que conquistou os pontos e vestirá a camisa de Rei da Montanha. No final em sprint a Bora entrou o quilômetro final bem posicionada, Ackermann acelerou pelo lado esquerdo para vencer pela primeira vez uma etapa de grande volta.

“Eu estou muito feliz, essa foi a minha primeira chance de vencer uma etapa e nós conseguimos isso de modo grandioso. Eu penso que toda equipe esta mais motivada e isso é bom para as próximas três semanas. Nós vimos que com 250m para chegada tinham começado o sprint. Eu decidi começar (o sprint) com toda potência e por sorte foi o suficiente. Com certeza aqui é uma pressão enorme, mas essa foi minha primeira vitória em grande volta e você nunca sabe quando irá acontecer sua primeira vitória em grande volta. Eu estou feliz em vencer minha primeira etapa” Pascal Ackermann

 

Giro de Itália 2019 – Etapa 2 – Bolonha a Fucecchio 205km

Segunda etapa do Giro de Itália 2019, com 205km entre Bolonha e Fucecchio na província de Florença. Etapa em homenagem a Gino Bartali

A fuga do dia rendeu a camisa de rei da montanha para Giulio Ciccone, escalador da Trek. A fuga foi neutralizada com 10km para o fim da etapa. Um final complicado, passando por um funil nas estreitas ruas da cidade de Fucecchio. As equipes trabalharam para posicionar seus embaladores e ciclistas exatamente antes desse funil a cerca de 2,5km do final. Entraram pelo quilômetro final com Lotto e Bora bem montadas na ponta. Um embalador da Groupama Fdj ainda caiu no início do sprint. Na frente o campeão alemão Pascal Ackermann da Bora venceu a etapa. Em segundo ficou Elia Viviani seguido de Caleb Ewan.

Líderes das camisas após a 2ª Etapa:

Dez Primeiros colocados na Etapa 2 do Giro 2019

1 Pascal Ackermann (Alemanha) Bora-Hansgrohe 04:44:43
2 Elia Viviani (Itália) Deceuninck-Quick Step
3 Caleb Ewan (Austrália) Lotto-Soudal
4 Fernando Gaviria (Colômbia) UAE Team Emirates
5 Arnaud Démare (França) Groupama-FDJ
6 Davide Cimolai (Itália) Israel Cycling Academy
7 Viacheslav Kuznetsov (Rússia) Team Katusha-Alpecin
8 Jasper De Buyst (Bélgica) Lotto-Soudal
9 Kristian Sbaragli (Itália) Israel Cycling Academy
10 Rudiger Selig (Alemanha) Bora-Hansgrohe

A classificação geral segue inalterada em seu Top10:

  1. Primoz Roglic (Eslováquia) Jumbo-Visma 04:47:42
  2. Simon Yates (Reino Unido) Mitchelton-Scott 0:19
  3. Vincenzo Nibali (Itália) Bahrain Merida 0:23
  4. Miguel Angel López (Colômbia) Astana Pro Team 0:28
  5. Tom Dumoulin (Holanda) Team Sunweb 0:28
  6. Rafal Majka (Polônia) Bora Hansgrohe 0:33
  7. Tao Geoghegan Hart (Reino Unido) Team Ineos 0:35
  8. Bauke Mollema (Holanda) Trek Segafredo 0:39
  9. Damiano Caruso (Italia) Bahrain Merida 0:40
  10. Pello Bilbao (Espanha) Astana Pro Team 0:42

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.