Pantano vence etapa dura!

Hoje a décima quinta etapa do Tour de France 2016 encerrou a segunda semana de competição. De Bourg-en-Bresse a Culoz por 160km com alta montanha passando pelo Grand Colombier, uma escalada HC além de montanhas de 1ª, 2ª e 3ª categorias:

 

tour_de_france_2016_stage_15_profile

Logo na escalada da primeira subida, a Col Du Berthiand um ataque com Nibali, Pauwels, Zakarin, Vuillermoz e Majka começou a ganhar corpo, a dupla Majka e Zakarin maninha 25s sobre Nibali e Pauwels. Um grande grupo perseguidor atacou e alcançou a fuga, em pouco tempo colocando 2 minutos no pelote.

A distancia foi aumentando no desenrolar da etapa, o calor do dia já fazia com que os pilotos subissem com a camisa aberta a Col du Sappel de Cat2 com apenas 50km de etapa. Após passar pela meta de Sprint no km71.5, Dumoulin atacou na subida da Col de la Rochette, chegou abrir 40s enquanto Pantano, Vuillermoz e Nibali o perseguiam, vinha então a montanha fora de categoria do dia, o Grand Colombier, com uma série de ataques no início da subida, Dumoulin foi para o fundo da fuga assim como Nibali, enquanto Majka e Zakarin subiam a frente, o pelote vinha 8 minutos atrás. Conforme se aproximavam do topo da montanha Zakarin e Majka mostravam maior folego enquanto os demais iam sobrando, Nibali com dificuldades ficou bem para trás do grupo.

Majka levou os pontos de montanha com Zakarin em segundo e Alaphilippe em terceiro 30s atrás. Enquanto isso no pelote a Astana acelerou no meio da subida dando uma quebrada no pelote, com alguns gregários importantes sendo deixados para trás, especialmente Henao da Sky.

Na descida, Majka e Pantano formaram uma dupla e começaram abrir distância para o grupo perseguidor que tinha agora Vuillermoz e Reichenbach, dificilmente a vitória escaparia de um dos quatro. Subiram a Ladets du Grand Colombier a ultima subida do dia de primeira categoria, e no começo da descida a dupla Majka/Pantano tinha 25s de vantagem, virou perseguição, enquanto isso vários ataques no pelote todos neutralizados mas com grande esforço. Na chegada Pantano e Majka sprintaram, Pantano venceu e a dupla Reichenback/Vuillermoz chegou apenas 6s após.

Jarlinson Pantano, colombiano da IAM Cycling venceu a etapa com Rafal Majka polonês da Tinkoff em segundo. A maior mudança no grupo líder foi Tejay caindo para oitavo após sobrar na última subida.

 

pantano

Os dez primeiros da etapa foram:

1 Jarlinson Pantano (Col) IAM Cycling 4:24:49
2 Rafał Majka (Pol) Tnkoff Team 00:00:00
3 Alexis Vuillermoz (Fra) AG2R La Mondiale 00:00:06
4 Sébastien Reichenbach (Swi) FDJ 00:00:06
5 Julian Alaphilippe (Fra) Etixx – QuickStep 00:00:25
6 Serge Pauwels (Bel) Dimension Data 00:00:25
7 Pierre Rolland (Fra) Cannondale – Drapac 00:00:25
8 Ilnur Zakarin (Rus) Team Katusha 00:01:30
9 Daniel Navarro Garcia (Spa) Cofidis, Solutions Credits 00:01:30
10 Tom Jelte Slagter (Ned) Cannondale – Drapac 00:02:08

Os 10 primeiros na geral após a etapa 15:

1 Christopher Froome (GBr) Team Sky 68:14:36
2 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo 00:01:47
3 Adam Yates (GBr) Orica-BikeExchange 00:02:45
4 Nairo Quintana (Col) Movistar Team 00:02:59
5 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 00:03:17
6 Romain Bardet (Fra) AG2R La Mondiale 00:04:04
7 Richie Porte (Aus) BMC Racing Team 00:04:27
8 Tejay Van Garderen (USA) BMC Racing Team 00:04:47
9 Daniel Martin (Irl) Etixx – Quick-Step 00:05:03
10 Fabio Aru (Ita) Astana Pro Team 00:05:16