Mikel Nieve vence, Amador é Camisa Rosa!

Hoje o Giro de Italia em sua 13ª Etapa partiu de uma das primeiras cidades planejadas da Europa, Palmanova, uma cidade construída na renascença, cujo planejamento urbano era resistir aos ataques otomanos, que representava o máximo em qualidade de vida.

foto_palmanova_018

A etapa percorreu então 170km para Cividale del Friuli, passando por quatro montanhas categorizadas, Montemaggiore, Crai, Cima Porzus e Valle.

Uma etapa bem dura, prenuncio do que vem pela frente nas etapas de alta montanha deste Giro 2016.

nieve

Logo cedo um grupo grande de ciclistas imprimiu a fuga e dentre eles estava Mikel Nieve, na primeira passagem de montanha, estava Stefan Denifl, Giovani Visconti, Cunego, De Marchi e Clarke, tinham 2′ para o pelote. Na segunda meta de montana, novamente Denifl levou a meta seguido por Cunego, Visconti e  Battaglin, a vantagem era de 4’para o pelote. Na meta de sprint no KM130, Battaglin levou os pontos. Faltando 35km para o final Mikel Nieve assumiu a liderança e escalou a Cima Porzus abrindo uma diferença perto de 1′ para Viconti e Dombrowski que o perseguiam.  Na descida da ultima montanha do dia, o grupo perseguidor com os principais candidatos a camisa rosa ficou se estudando e abriu mão da prova, as dificuldades encontradas por Bob Jungels nas subidas eram a certeza que a camisa rosa mudaria de mãos, Andrey Amador chegou junto com o grupo que teve até sprint de Nibali x Valverde para buscar 2s de bônus e Nibali venceu.

Chegaram então na etapa:

giro-13c

Classificação Camisa Rosa:

giro-13gc

 

Logo mais os melhores momentos da etapa.