Matthews ganha em Rodez, Froome retoma camisa amarela!

A expectativa para etapa com chegada de clássica apontava para possiblidade de vitória da fuga mas não de mudança na camisa amarela mas o final da etapa 14 mudou tudo! Com a fuga neutralizada 4km antes da chegada, Aru se posicionou mal no pelote e a Sky aproveitou disso para colocar Froome no grupo líder, chegando em sétimo lugar e impondo uma perda de tempo de 27 segundos à Aru. Michael Matthews sprintou numa subida de 9.6% chegando com sobras a frente de Avermaet!

Uma etapa mais clássica com 181.5km entre Blagnac na região dos médios Pirineus e Rodez já na província de Aveyron em um terreno acidentado com apenas duas montanhas categorizadas e um final com algumas curvas fechadas e uma subida de 9.6% com 570m de extensão, própria para puncheurs como Greg Avermaet, Philippe Gilbert ou Kwiatkowski.

Assim que foi dada largada o quinteto com o veterano Thomas Voeckler da Direct Energie em seu derradeiro Tour de France foi acompanhado de Thomas de Gendt da Lotto Soudal, Bouet da Fortuneo, Hollenstein da Katusha e Roosen da Lotto Jumbo, na meta de sprint no km 55, De Gendt levou os pontos e destaque para no pelote para Kittel que venceu Matthews defendendo a camisa verde.

Rodez recebe o Tour pela quarta vez, sendo que dois anos atrás a fuga vingou para vitória de Greg Van Avermaet, ano passado novamente venceu na região em Le Lioran usando a camisa amarela por três dias antes de tornar-se campeão olímpico, que demonstrou considerar a vitória de 2015 a grande mudança em sua carreira:

“Antes daquela vitória, eu tinha grandes expectativas, eu estava sempre perto; mas Rodez foi a grande mudança na minha vida, foi a plataforma que me lançou para outras grandes vitórias. Estou muito feliz que o Tour de France a coloque novamente. Eu sempre fico sorrindo quando ouço sobre Rodez, por ser uma memória realmente boa”

Na meta de montanha, De Gendt e Voeckler levaram os pontos tanto em Côte du Viaduc du Viaur como na Côte de Centrès, apenas 2 pontos para o vencedor e 1 ponto para o segundo colocado, após isso a estrada afinou e começou a perseguição a fuga que viu a vantagem baixar para casa de um minuto, porém a estrada estreita favorecia a fuga e Thomas passava a ser grande candidato a vitória mas havia uma subida no caminho… uma rampa não categorizada derrubou a fuga, veio ainda um ataque de Caruso, Lammertink, Arndt e Périchon mas também não vingou com Lammertink se recusando a ceder mas foi engolido pelo pelote a 4km do final. Durante a aproximação das curvas finais, Aru ficou do meio para trás do pelote, na ponta a Sky posicionou Froome para chegar no grupo líder e na rampa final quem atacou primeiro foi o campeão belga de 2016 Naesen com outros dois belgas na roda, Philippe Gilbert e Greg Van Avermaet, atrás deles Michael Matthews e Boasson Hagen, Matthews teve paciência para escolher o momento certo e atacou para vitória com Avermaet em segundo e Boasson Hagen em terceiro.

Confira o gráfico da chegada entre Matthews, Avermaet e Boasson Hagen:

Confira os dez primeiros da 14ª Etapa do Tour de France 2017:

1 MATTHEWS MICHAEL TEAM SUNWEB 04H 21′ 56” B : 10”
2 VAN AVERMAET GREG BMC RACING TEAM 04H 21′ 56” B : 06” + 00′ 00”
3 BOASSON HAGEN EDVALD TEAM DIMENSION DATA 04H 21′ 57” B : 04” + 00′ 01”
4 GILBERT PHILIPPE QUICK – STEP FLOORS 04H 21′ 57” + 00′ 01”
5 MC CARTHY JAY BORA – HANSGROHE 04H 21′ 57” + 00′ 01”
6 COLBRELLI SONNY BAHRAIN – MERIDA 04H 21′ 57” + 00′ 01”
7 FROOME CHRISTOPHER TEAM SKY 04H 21′ 57” + 00′ 01”
8 MARTIN DANIEL QUICK – STEP FLOORS 04H 21′ 57” + 00′ 01”
9 URAN RIGOBERTO CANNONDALE DRAPAC PROFESSIONAL CYCLING TEAM 04H 21′ 57” + 00′ 01”
10 BENOOT TIESJ LOTTO SOUDAL 04H 22′ 01” + 00′ 05”

A classificação geral agora trás Froome novamente em primeiro e com os seis primeiros colocados abaixo de dois minutos.

1 FROOME CHRISTOPHER TEAM SKY 59H 52′ 09”
2 ARU FABIO ASTANA PRO TEAM 59H 52′ 27” + 00′ 18”
3 BARDET ROMAIN AG2R LA MONDIALE 59H 52′ 32” + 00′ 23”
4 URAN RIGOBERTO CANNONDALE DRAPAC PROFESSIONAL CYCLING TEAM 59H 52′ 38” + 00′ 29”
5 LANDA MIKEL TEAM SKY 59H 53′ 26” + 01′ 17”
6 MARTIN DANIEL QUICK – STEP FLOORS 59H 53′ 35” + 01′ 26”
7 YATES SIMON ORICA – SCOTT 59H 54′ 11” + 02′ 02”
8 QUINTANA NAIRO MOVISTAR TEAM 59H 54′ 31” + 02′ 22”
9 MEINTJES LOUIS UAE TEAM EMIRATES 59H 57′ 18” + 05′ 09”
10 CONTADOR ALBERTO TREK – SEGAFREDO 59H 57′ 46” + 05′ 37”

Na classificação por pontos, Matthews reagiu com a vitória mas ainda esta 99 pontos atrás de Kittel.

1 KITTEL MARCEL QUICK – STEP FLOORS 373 PTS
2 MATTHEWS MICHAEL TEAM SUNWEB 274 PTS
3 GREIPEL ANDRÉ LOTTO SOUDAL 187 PTS
4 KRISTOFF ALEXANDER TEAM KATUSHA ALPECIN 158 PTS
5 COLBRELLI SONNY BAHRAIN – MERIDA 128 PTS

Com poucos pontos de montanha distribuídos hoje, os melhores colocados seguem inalterados com Barguil na camisa de bolinhas:

1 BARGUIL WARREN TEAM SUNWEB 94 PTS
2 DE GENDT THOMAS LOTTO SOUDAL 36 PTS
3 LANDA MIKEL TEAM SKY 33 PTS
4 ROGLIC PRIMOZ TEAM LOTTO NL – JUMBO 30 PTS
5 VUILLERMOZ ALEXIS AG2R LA MONDIALE 28 PTS

Yates segue ampliando sua vantagem na camisa branca que só tem o sul africano Louis Meintjes como adversário:

1 YATES SIMON ORICA – SCOTT 59H 54′ 11”
2 MEINTJES LOUIS UAE TEAM EMIRATES 59H 57′ 18” + 03′ 07”
3 BUCHMANN EMANUEL BORA – HANSGROHE 60H 09′ 01” + 14′ 50”
4 BENOOT TIESJ LOTTO SOUDAL 60H 27′ 40” + 33′ 29”
5 CALMEJANE LILIAN DIRECT ENERGIE 60H 52′ 44” + 58′ 33”

 

Deixe uma resposta