Izaguirre ganha no Giro

Vitória do País Basco no Giro 2017 veio da Movistar! Gorka Izaguirre de 29 anos partiu num seleto grupo de contra ataque na primeira montanha do dia, alcançou a fuga e depois partiu em nova fuga para vencer em Peschici sua primeira etapa Grand Tour.

A etapa de hoje do Giro partiu de Molfetta um paraíso na “canela” da bota, banhada pelo Mar Adriático, uma cidade da antiguidade com traços de colonização humana desde o período neolítico, que preserva não só sua arquitetura como um dialeto próprio, por 189km a caravana seguiu para Peschici que pela quarta vez recebeu o Giro, no trajeto duas montanhas categorizadas o Monte Sant’Angelo uma longa subida de segunda categoria e a Coppa Santa Tecla de quarta categoria, porém próximo ao final uma subida não categorizada a Coppa del Fornaro poderia ser o local de ataque para decidir a etapa.

Entre os favoritos a expectativa geral era de preservação para a duríssima etapa de domingo com término no Blochhaus. Bandeira acionada e a etapa começou, uma fuga com 13 pilotos entre eles Laurent Didier da Trek e Ijo Keisse da Quick Step, entre eles e o pelote um trio com Postlberger, Luis Leon Sanchez e Muhlberger tentava fechar a distância e juntar-se a fuga. Com o melhor colocado na fuga 10min atrás na classificação geral, o destaque ficou para as equipes continentais trabalhando ou aparecendo mais na cabeça do pelote com a Gazprom e Wilier em destaque, um contra ataque partiu na subida da primeira meta de montanha e passou pela fuga incorporando nomes como Sanchez e Posty a Gorka Izaguirre, Valério Conti e outros, faltavam menos de 70km para o final e a vantagem estava na casa dos três minutos e aumentando.

Na aproximação da segunda montanha, a Coppa del Formaro o pelote começou a trabalhar com a Quick Step dividindo responsabilidade com a Katusha, baixando a vantagem que passava dos quatro minutos para casa de dois minutos após a descida, restavam 36km para o final.

E veio o ataque, Valerio Conti atacou levando consigo Sanchez, Izaguirre, Muhlberger e Visconti, passaram a trabalhar juntos e rapidamente colocaram 30 segundos de vantagem sobre a fuga inicial e 2’30” sobre o pelote, apenas 18km para o final e uma certeza: Hoje era dia da fuga! Na Coppa del Fornaro  6,2km para o final uma rampa de 400m e 12% de inclinação foi onde Giovani Visconti atacou levando consigo Izaguirre e forçando Conti a responder, uma pequena brecha se abriu e com muita vontade Conti caiu, Sanchez perseguia a dupla enquanto Izaguirrre contornou cuidadosamente a última curva para então vencer em Peschici sua primeira etapa de Grand Tour.

Os dez melhores colocados da etapa foram:

1 Gorka Izagirre (Spa) Movistar Team 4:24:59
2 Giovanni Visconti (Ita) Bahrain-Merida 0:00:05
3 Luis León Sanchez (Spa) Astana Pro Team 0:00:10
4 Enrico Battaglin (Ita) Team LottoNl-Jumbo 0:00:12
5 Michael Woods (Can) Cannondale-Drapac
6 Thibaut Pinot (Fra) FDJ
7 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida
8 Adam Yates (GBr) Orica-Scott
9 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo
10 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors

Os dez primeiros classificados na geral continuaram os mesmos:

1 Bob Jungels (Lux) Quick-Step Floors 38:21:18
2 Geraint Thomas (GBr) Team Sky 0:00:06
3 Adam Yates (GBr) Orica-Scott 0:00:10
4 Vincenzo Nibali (Ita) Bahrain-Merida
5 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale
6 Tom Dumoulin (Ned) Team Sunweb
7 Nairo Quintana (Col) Movistar Team
8 Bauke Mollema (Ned) Trek-Segafredo
9 Andrey Amador (CRc) Movistar Team
10 Thibaut Pinot (Fra) FDJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *