Grupo de Quintana reduziu para Dumoulin?

Durante a etapa rainha do Giro 2017 ficou no ar um comentário difundido tanto na mídia nacional como estrangeira que o grupo onde estava Quintana e Nibali teria esperado por Dumoulin em um momento de fair play em função do chamado da natureza enfrentado pelo holandês.

Ocorre que levantamos dados referentes a subida do Stelvio que mostram outra realidade, na tabela abaixo a velocidade do trecho esperada pela organização era de 17.15km/h .

Enquanto o ataque de Mikel Landa foi a 18.0km/h:

Ocorre que o grupo de Quintana tirou quase um minuto de desvantagem para Landa, alcançando pelo caminho Amador, Kruijswijk e ficando apenas a dez segundos de Landa. Tibault Pinot que estava no grupo de Quintana carregou a prova no Strava:

https://www.strava.com/activities/1002065086

Observando trecho a trecho notamos que justo no trecho do incidente o grupo realmente diminuiu drasticamente o ritmo pois ninguém sabia o que ocorrera, mas logo depois a velocidade voltou à aumentar.

 

Pelas declarações pós prova, Quintana não demonstra preocupação com o fair play:

O ritmo foi muito alto. Nós passamos a maior parte do dia pedalando muito rápido. Isso cansa muito o corpo de qualquer um. Sem dúvidas eu gostaria de ganhar cinco minutos, mas uma coisa é desejar algo mas fazer é outra história. Nós respeitamos Dumoulin quando ele teve seu problema, mas as outras equipes fizeram suas próprias corridas, isso é ciclismo. Ele foi um gentleman comigo e nós tentamos respeitar isso.

 

Vincenzo Nibali esclareceu que não houve momento de espera e sim que a Orica e a Trek estavam puxando num ritmo muito forte no princípio da subida e houve um momento em que o grupo acalmou, meio que se preparando para a pancadaria final:

Serei muito direto: Eu nunca nutri expectativa que alguém espere por mim quando eu paro. Eu não sei, mas talvez nós podessmos distorcer o ciclismo e ter um árbitro que pare a corrida na frente e atrás… Eu não seio que dizer. Essa é minha opinião, mesmo se muitas pessoas possam me atacar por dizer isso.

 

Deixe uma resposta