EF vence prólogo e começa na frente Volta a Colômbia

A equipe Education First com Daniel Martinez e Rigoberto Uran venceu o prólogo da Volta a Colômbia, prova UCI 2.1 que conta com os principais nomes do ciclismo mundial, sendo o tetracampeão do Tour de France Cris Froome o mais badalado.

O prologo aconteceu na cidade de Medellín e teve 14km de extensão praticamente planos. Diferentemente do circuito mundial (World Tour) a prova não contou com bicicletas específicas para contra relógio e sim com bicicletas comuns de estrada, embora as equipes possam usar as “aeroroads”.  Apesar da equipe Sky ser a grande favorita a vitória ficou para a equipe americana EF First. Para os postulantes a classificação geral, pior para Nairo Quintana já que sua Movistar ficou 44 segundos atrás.

Favoritos a Volta a Colômbia

Em princípio de temporada é difícil escolher um franco candidato ao título pois cada ciclista esta em um patamar de preparo em função de seus objetivos na temporada. Não devemos esperar ataques de Froome, Miguel Angel Lopez ou Julian Alaphilippe. A própria equipe Sky entregou a camisa de capitão para o colombiano Egan Bernal, vencedor da Volta a Colômbia em 2018. Pela Movistar, Winner Anacona vencedor da Vuelta a San Juan em janeiro é o líder tendo Nairo Quintana e Marc Soler como gregários. Na EF First Daniel Martinez aparenta estar em grande forma mas o líder é o americano Nathan Brown enquanto Rigoberto Uran vestiu a camisa de rei da montanha. Pela Deceuninck Quick Step o capitão é Alaphilippe que tem ajuda de Bob Jungels e Petr Vakoc enquanto na Astana Miguel Angel Lopez o Superman é o capitão. Outra estrela dessa vez nas chegadas em sprint é Fernando Gaviria, o colombiano deve ter em Álvaro Hodeg da Deceuninck e Matteo Peluchi da Androni seus principais adversários.

Participam da Volta a Colômbia seis equipe do circuito mundial (Sky, Movistar, EF, Deceninck, Astana e UAE), cinco equipes profissionais continentais europeias (Androni, Bardiani, Israel Academy, Neri Sottoli e Nippo Vini Fantini), três profissionais continentais americanas (Hagens Berman, Manzana Postobon e as equipes continentais europeias (Efapel e continentais América (Aevolo, Betplay, Coldeportas,Deprisa, EPM, Gw-Shimano, Medellin, Orgullo Paisa, Coldeportes Zenu e Illuminate ) além das seleções (Colômbia, Equador e Itália). Nem a seleção brasileira, nem a equipe continental de Ribeirão participam da prova.

Volta a Colômbia – Prólogo

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.