Deceuninck será co-patrocinadora da Quick Step que se chamará Deceuninck Quick Step em 2019

Fabricante de portas, janelas e forros em PVC extrusado a Deceuninck será patrocinadora da equipe belga a partir de 2019. A equipe deverá se chamar a partir de 01 de janeiro Deceuninck Quick Step Maes 0%.É esperado que o patrocínio permita a Patrick Lefevere foco total nas competições nos próximos anos e não precise constantemente buscar dinheiro para cobrir o orçamento da equipe.

“É com grande prazer que dou as boas vintas a Deceuninck a bordo pelas próximas temporadas” Patrick Lefevere

Durante o final de semana diversas notícias correram as redes sociais acerca da equipe Quick Step. A primeira seria a possibilidade da saída de Fernando Gavíria e Enric Más utilizando uma cláusula do contrato que permitiria a saída caso a equipe não tivesse condições financeiras para a temporada. Patrick Lefevere dono da equipe que hoje corre sob o nome Quick Step adiantou-se e anunciou para noite de hoje uma coletiva para anunciar um novo patrocinador principal. O anúncio aconteceu na cidade de Sint Martens Latem, onde no ano passado foi anunciada a rede Lidl como co-patrocinadora.

A estrutura de patrocínio da equipe hoje passa a ser:

  • Patrocinadora principal (Máster): Deceuninck – fabricante de portas, janelas e revestimentos em PVC.
  • Co-Patrocinadores:  Quick Step Floors – Fabricante de pisos. e  cervejaria Maes 0.0% (em 2019)
  • Patrocínios secundários: Lidl (rede alemã de supermercados) Crivit Pro – Marca de roupas esportivas presente exclusivamente nos supermercados Lidl, Latexco – Farbicante de colchões, Janom – Empresa de investimento, Vermarc – fabricante de material esportivo.

Sobre a Deceuninck

A Deceuninck ajuda construir casas sustentáveis. Baseado em nossa tecnologia na extrusão de PVC e no material patenteado Twinson , criamos soluções de janelas & portas , ambientes externos e forros e revestimentos , inovadores na construção civil. Nossas soluções atuais atendem as atuais demandas de design elegante com prazos reduzidos , atingindo os menores impactos ambientais

 

    • Os perfis que fabricamos e desenhamos apresentam valores elevados de isolamento térmico com a melhor performance energética e com cores longamente duráveis e manutenção mínima.
    • Para ambientes externos nossas soluções com o produto Twinson são excepcionais.Este material inovador 100 % reciclável, combina as melhores características da madeira com o PVC
    • Os revestimentos Deceuninck contribuem para isolamentos maiores , baixa manutenção, agregando elegância longeva a casas e escritórios .As combinações com revestimentos apresentam o melhor conceito de isolamento e conforto.
    • Oferecemos, para aplicações internas ,uma ampla variedade de produtos de PVC como painéis de janelas, revestimentos de paredes e forros, disponíveis em estilos contemporâneos e tradicionais nas cores e acabamentos Deceuninck

Nossos produtos, contribuem na concepção de casas sustentáveis , sendo desenvolvidos e fabricados de acordo a atender a filosofia de circuito fechado , apresentando um ciclo de 50 anos devido a sua reciclagem e reutilização.

Deceuninck é um dos 3 maiores players deste setor na Europa. Atuamos em 75 países através da Europa, Estados Unidos e Asia ,Empregamos 2821 pessoas , dos quais 670 na Bélgica. Em 35 unidades produtivas / escritórios de vendas. A Deceuninck esta listada na bolsa de valores Euronext e apresentou um volume de negócios superior a 536 milhões de euros em 2011.

Conheça mais sobre a Deceuninck em: http://deceuninck.com.br

A questão de Fernando Gaviria e Enric Más

Conforme falamos pela manhã, há uma investida da UAE sobre Gaviria e de Astana e Movistar sobre Enric Más. Receava-se que ambos pudessem usar um dispositivo contratual obrigatório para se livrarem de multas rescisórias. Por imposição do regulamento da UCI, os contratos dos ciclistas prevem que em caso da equipe não tiver condições orçamentárias para prover os salários dos ciclista,s estes estariam desobrigados a pagar multa rescisória. Assim a pressão feita pelos empresários dos ciclistas ao divulgar negociações tinham por objetivo pressionar a direção da Quick Step a liberar mais cordialmente os ciclistas de seus contratos assinados. Com a chegada do novo patrocinador Gaviri a Más só poderão sair pagando a multa rescisória o que deve complicar em especial a situação do jovem espanhol. Do lado do colombiano, quando um xeique árabe quer contratar ele não pesa a multa, simplesmente “passa no débito”.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.