Ciclistas são melhores motoristas!

Uma companhia de seguros da Inglaterra a Chris Knott Insurance fez uma analise sobre os dados de acidentes e descobriu que mais da metade dos segurados que sofrem acidentes não são ciclistas. Os ciclistas são melhores motoristas e isso rendeu um tipo de política de seguros com descontos para os ciclistas. Enquanto a taxa de sinistro para motoristas comuns é em torno de 13% a taxa para ciclistas é 6%.

“O ciclismo lhe treina para ficar mais alerta aos perigos das vias permitindo antecipar situações de perigo. Você fica mais consciente em como enxerga o entorno. O exercício físico também melhora a agilidade mental, fazendo ciclistas motoristas mais responsáveis ” Nick Day

A decisão comercial da companhia em diminuir o valor da taxa de seguro para ciclistas seguiu um estudo publicado no ano passado chamado “Ciclistas são melhores motoristas?”. O estudo encontrou um padrão onde motoristas auto-identificados como ciclistas são mais hábeis em prever perigos nas vias. As autoras do estudo Vanessa Beanland (University of Sunshine Coeast) e Lisa Hansen (National Australian University) notaram que as necessidades do ciclismo melhoram as habilidades de alerta.

Pelote na estrada – Foto: Guilherme Leite

Ciclistas notam diferenças de modo mais rápido e preciso

A experiência dividiu os participantes em três grupos. Os participantes deveriam escolher entre duas imagens apontando se são iguais ou diferentes. Essas imagens continham sinais de trânsito, cachorros, pedestres e ciclistas. Os ciclistas foram o grupo significante mais preciso e rápido na identificação de alterações nas condições de via e sinais.

“Isso representa a situaçào em que você chega a um cruzamento e olha para esquerda e direita e  olha novamente e no momento em que você olha novamente para a direita algo mudou. Talvez um ciclista tenha aparecido a sua esquerda e você não tenha notado. Então isso é um modo de entender esse tipo de processo” Vanessa Beanland

A conclusão é que motoristas que são mais precisos e eficientes em detectar mudanças na pista são melhores e mais seguros motoristas. O motivo disso é que sendo ciclista você tem uma grande diversidade de experiências na pista em maiores situações que lhe colocam em risco. Então o ciclista se condiciona a prestar mais atenção em geral.

As vantagens do ciclista não param por ai. As pessoas que pedalam costumam ser mais ativas fisicamente que aqueles que não pedalam, algo que trás benefícios a função de memória.

O motorista comum não enxerga o ciclista

Para o motorista comum, o ciclista é algo tão inesperado que simplesmente não são notados. Pessoalmente todo ciclista que já foi atropelado ou teve uma situação de perigo envolvendo um motorista desatento ouviu a frase “Eu não vi (o ciclista)!”

O motorista comum falha em ver:

  • Coisas comuns
  • Fatos raros
  • O perigo
  • O que parece mover
  • Informação

Assim os motoristas simplesmente não esperam ver ciclistas e a presença do ciclista não chama atenção do motorista, o ciclista é algo para qual o motorista comum não olha. Assim o estudo conclui que é possível  melhorar a percepção dos motoristas ao perigo por métodos não tradicionais como promover o ciclismo e outras formas de transporte ativo.

 

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.