Campeonato Europeu de Ciclismo tem Sagan e Avermaet como favoritos

Sagan venceu os últimos três campeonatos mundiais, mas não é um grande favorito a vitória mês que vem no circuito de Innsbruck e suas subidas de até 25% de inclinação. Já em Glasgow na Escócia onde acontece neste domingo o campeonato Europeu de Ciclismo o papo é outro. O circuito é bastante ondulado porém sem subidas, assim uma chegada com grupo reduzido “a moda Roubaix” pode acontecer. Os grandes favoritos ao título europeu são além de Peter Sagan, o belga Greg Van Avermaet e o alemão John Degenkolb que voltou à aparecer nas casas de aposta após sua espetacular vitória na etapa de Roubaix no Tour de France. A prova de domingo fecha o jogos europeus que já tiveram os campeões no contra relógio individual:

Europeu de Contra Relógio tem dois bicampeões, Ellen Van Dijk e Victor Campenaerts

O circuito de 14km já é bastante conhecido pelos britânicos, em 2013 o campeonato britânico foi vencido no mesmo circuito por Mark Cavendish enquanto em 2014 o trajeto foi utilizado novamente nos jogos do Reino Unido o Commonwealth Games vencido por Geraint Thomas. A prova terá 230km

Campeonato Europeu de Ciclismo

Por falar em Mark Cavendish, o velocista da ilha de Man, abandonou a concentração da equipe inglesa no último dia em que poderia haver substituição. O ciclista da Dimension Data alegou estar com labirintite e o conselho médico foi abandonar. Assim a seleção britânica substituiu um Mark por outro, Mark Christian da Aqua Blue foi chamado para integrar a seleção. Cavendish que ainda não anunciou seu futuro vai disputar a corrida do Ártico na Noruega que começa no próximo dia 16.

Favoritos

As provas de campeonatos continentais e mundiais são sempre emocionantes e não é raro fugas inusitadas vingarem. Os selecionados mais fortes são da Belgica, Dinamarca e Italia. Mas mesmo com a perda de Cavendish os britânicos tem um time com três ciclistas da Sky: Luke Rowe, Ian Stannard e Owain Doull.

 Greg Van Avermaet, Peter Sagan, Elia Viviani

 Matej Mohoric, Alexander Kristoff, Daniel Martin, Magnus Cort e John Degenkolb

 Wout van Aert, Sonny Colbrelli, Jasper Stuyven e Mads Pedersen

 

A Bélgica terá Avermaet, van Aert, Jasper Stuyven em seu time. Na Alemanha Degenkolb terá Rick Zabel, Roger Kluge e Nico Denz, os italianos terão Elia Viviani, sonny Colbrelli, Matteo Trentin entre os velocistas além de Davide Cimolai e Puccio Salvatore entre os embaladores. A Grã Bretanha terá o trio da Sky Luke Rowe, Ian Stannard e Owain Doull com Mark Christian para finalizar.  Pela Eslovênia um time bastante forte com Matej Mohoric e Kristijan Koren.

 

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.