Beryl Burton

Beryl Burton

Ela dominou o ciclismo feminino britânico desde o final dos anos 50 até o início dos anos 80. Ganhou mais de 90 corridas e 7 títulos mundiais de ciclismo, incluindo alguns em que ela competiu contra homens. Competiu em pista, estrada e contrarrelógio, este último, sua especialidade, porém, ainda não era esporte olímpico. É incrível que sua história não seja lembrada, pois foi uma das desportistas mais surpreendentes.

Na perseguição individual conquistou 5 campeonatos mundiais e 13 nacionais. Em estrada, 5 campeonatos mundiais e 12 nacionais.

Foi uma grande recordista no contrarrelógio 10 milhas, 25 milhas e 50 milhas, onde definiu ou bateu mais de 50 recordes ao longo de duas décadas. E o de 100 milhas foi seu por três décadas. Em 1967, bateu recorde em 12 horas de contrarrelógio, percorrendo 277,25 milhas (próximo de 446km), batendo o recorde masculino por 0,73 milhas.

Sobre ela existem o livro ‘Personal Best: The Autobiography of Beryl Burton” e um documentário, Racing is Life: The Beryl Burton Story . Aqui você pode assistir 8 minutos do documentário https://www.youtube.com/watch?v=kC2FEraR8m4

Em maio de 1996, aos 59 anos, enquanto entregava os convites de seu aniversário de bicicleta, Beryl teve um ataque cardíaco e veio a falecer.

Curtiu esse post? Acompanhe outros em https://reconstruindoumaciclista.wordpress.com/

Fontes:

https://totalwomenscycling.com/lifestyle/interviews/beryl-burton-biography-28361/#sJv8YqmPOE6xXMJ6.97

https://totalwomenscycling.com/lifestyle/interviews/21-facts-beryl-burton-30397/

https://www.theguardian.com/stage/2014/jun/13/tour-de-france-beryl-burton