Amstel Gold Race 2017

Neste domingo acontece uma prova “b” muito legal de assistir, usualmente é possível ver ao vivo pelo site da cervejaria usando VPN, a Amstel Gold Race abre a semana das Ardenas com a La Fléche Wallone e a Liege-Bastogne-Liege. Atualmente a Amstel não passa propriamente pelas Ardenas mas sim pelo Limburgo com 261km incluindo 35 subidas e múltiplas passagens no famoso Cauberg. Desta vez os organizadores mudaram a chegada usualmente no Calberg para motivar mais ataques no final, desta vez em Valkenburg.

A prova surgiu como uma tentativa de rivalizar com as clássicas como Roubaix, Strade Bianchi e Flanders, logo na primeira edição foi escolhido o dia da rainha, feriado nacional holandês, para a prova e ai começaram os problemas, desde licenças para cruzar pontoes, até alteração de rota devido a manifestações hippies levaram o ministro das estradas holandês a dizer que poderiam fazer a corrida mas nunca mais naquela data. No ano seguinte a largada mudou para Helmond em frente a cervejaria Amstel e principal patrocinador com a distância em 213km.

Como era uma prova nova no calendário, assim como hoje em dia, as equipes mandavam times B para provas menores, e sem um “jabá” da organização seria impossível ter nomes como Merckx, assim em 1973 a equipe Molteni recebeu uma soma considerável e o Canibal venceu a prova com 3min de vantagem para o segundo colocado, estava a Amstel Gold Race inserida entre as principais provas de primavera.

Os maiores ganhadores da prova são o holandês Jan Raas com 5 vitórias  entre 1977 e 1982 e Philippe Gilbert com 3 vitórias (2010,2011 e 2014), Gilbert que teve de cancelar sua participação na Brabantse Pijl de quarta feira devido um entrevero de trânsito, está na prova de hoje.

Os favoritos para 2017 são  Avermaet (BMC), Philippe Gilbert (QuickStep), Michal Kwiatkowski (SKY), Michael Matthews (Sunweb) e Alejandro Valverde (Movistar).

Deixe uma resposta