Ineos vence em Piancavallo, Kelderman encosta mas João Almeida mantém bravamente a camisa rosa!

Luiz Papillon

A Ineos Grenadiers chegou a sua quinta vitória no Giro 2020. Desta vez na subida de Piancavallo, uma estação de esqui na região do Friulli-Veneto. O britânico Tao Geoghegan Hart escapou do pelote juntamente com o holandês Wilco Kelderman e o australiano Jay Hindley da Sunweb. No finalzinho Hart ataco para vitória enquanto Kelderman em segundo ficou muito próximo de assumir a camisa rosa de líder do Giro 2020. Jay Hindley assumiu o terceiro lugar na disputa pelo título do Giro 2020.

Giro 2020 – Etapa 15 – Rivolto a Piancavallo – 185km

Largando da segunda mais antiga base aérea italiana, estabelecida em 1933 transferida de Turin. Atualmente sede do esquadrão acrobático Frecce Tricolori (algo como a brasileira Esquadrilha da Fumaça). Com chegada ao alto na cidade de Piancavallo a etapa prometia muita emoção e cumpriu. A Frecce Tricolori abriu a prova com um voo rasante soltando fumaça nas cores da bandeira italiana.

Frecce Tricolori | Divulgação Giro d’Italia

Ao todo o pelote tinha pela frente quatro subidas categorizadas, sendo a final uma escalada de 14,5km de primeira categoria e 7,8% de inclinação média, escolhida para o prêmio Pantani de 2020. O motivo dessa escolha foi que nessa subida em 1998, Marco Pantani deu o primeiro passo para sua vitória no Giro daquele ano. Até hoje os aficionados pelo ciclismo exaltam o desempenho único de Pantani naquela etapa.

A última visita do Giro a Piancavallo foi em 2017, quando Mikel Landa venceu e Nairo Quintana terminou o dia na liderança, até mais pelo ocorrido no dia anterior, quando Dumoulin perdeu precisos segundos após uma “pausa para o chamado da natureza”, ao fim daquele Giro, Dumoulin recuperou a liderança na etapa contra o relógio.

Subida de Piancavallo – Arte RCS – Divulgação

Com 141 ciclistas largando, o único que abandonou entre a etapa de ontem e hoje foi o colombiano Sebastian Molano da UAE Team Emirates. João Almeida chegou a uma marca impressionante ao defender a Maglia Rosa pelo 13º dia, igualando somente a Eddy Merckx entre ciclistas abaixo dos 23 anos.

Na fuga do dia, doze ciclistas escaparam entre eles nomes muito fortes para uma possível vitória da fuga:

  • Andrea Vendrame,
  • Luca Chirico,
  • Manuele Boaro,
  • Mark Padun,
  • Nathan Haas,
  • Daniel Navarro,
  • Thomas De Gendt,
  • Matthew Holmes,
  • Davide Villella,
  • Rohan Dennis,
  • Giovanni Visconti,
  • Edoardo Zardini.

Zardini foi o primeiro a sobras e logo depois Nathan Haas, enquanto De Gendt colocava um ritmo muito forte na ponta. O grupo chegou a ter vantagem na casa dos sete minutos sobre o pelote. Matteo Sobrero caiu duramente na marca dos 100km mas conseguiu retornar a prova. Não tiveram a mesma sorte Nicolas Edet da Cofidis, Gianluca Brambilla da Trek e Jonathan Narváez da Ineos que não completaram a etapa.

Visconti atacou para os pontos de montanha enquanto Dennis claramente buscava tentar vencer na etapa. A estratégia do italiano deu certo e ao final da etapa Visconti ultrapassou Ruben Guerreiro e assumiu a camisa de Rei da Montanha. Já para Dennis o sonho de uma vitória em subida acabou a 11km do final quando foi neutralizado pelo pelote.

Piancavallo e Almeida resistiu bravamente

A duríssima subida de Piancavallo cobrou seu preço. Flugsang, Pello Bilbao, Pozzovivo, um a um os favoritos foram sobrando enquanto João Almeida resistia bravamente. Na ponta Wilco Kelderman liderava com seu companheiro de equipe Jai Hindley e Tao Geoghegan Hart da Ineos. No final Geoghegan Hart venceu a quinta etapa desse Giro para a Ineos e subiu ao quarto lugar da classificação geral, 2:57 atrás de Almeida.

Kelderman foi o segundo com Hindley em terceiro em uma dobradinha da Sunweb. Hindley também assumiu o terceiro lugar na disputa, um segundo a frente de Geoghegan Hart.

  • Geral – João Almeida – Deceuninck Quick Step
  • Pontos – Arnaud Démare – Groupama FDJ
  • Montanha – Giovanni Visconti – Vini Zabu KTM
  • Jovem – João Almeida – Deceuninck Quick Step
  • Melhor Equipe – Ineos Grenadiers

Confira o resultado da etapa:

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Jan Tratnik vence no Giro em dia da Fuga!

Vitória eslovena no Giro! O ciclista Jan Tratnik da Bahrain McLaren venceu após estar na fuga por muito tempo. O australiano Ben O’Connor companheiro de fuga de Tratnik foi segundo pela NTT e o italiano Enrico Battaglin o terceiro pela Bahrain McLaren. Giro 2020 – Etapa 16 -Údine a San […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: