Nic Dlamini tem o braço quebrado por guardas florestais na África do Sul

Luiz Papillon

O ciclista sul africano Nicholas Dlamini de 24 anos foi atacado e detido durante abordagem de guardas florestais. O incidente aconteceu no parque da famosa Table Mountain nos arredores da Cidade do Cabo, circuito muito utilizado por ciclistas em treinamento. Dlamini está em seu quarto ano como profissional correndo pela Dimension Data tendo disputado a última Vuelta a Espanha.

A abordagem teria ocorrido próximo ao portão do parque com os ciclistas a cerca de 60km/h quando o guarda tentou segurar Dlamini pelo guidão, provocando sua queda e danificando sua bicicleta. A altercação veio a seguir e foi filmada por Donovan Le Cok, que você pode acompanhar no vídeo abaixo.

“Eram guardas do parque nacional checando as permissões, eles tentaram parar Dlamini no portão causando uma queda. Ele ficou um pouco nervoso e sua bicicleta foi danificada. Ele e o guarda tiveram uma discussão quente, e talvez o guarda não gostou de sua atitude.” Disse Donovan Le Cok ao Velonews.

“Foi pertubador, o guarda torceu o braço de Dlamini para trás de sua cabeça e foi possível ouvi-lo partir-se. Eles então o jogaram na traseira da pick-up” concluiu Le Cok.

Nic Dlamini tem o braço quebrado por guarda florestal

A Equipe NTT Procycling (Novo nome da Dimension Data) manifestou que o incidente está sendo apurado. Dlamini está recebendo tratamento médico no hospital False Bay.  Em acordo com mensagens, os policiais agarraram e derrubaram o ciclista porque eles queriam checar sua permissão para pedalar no parque. Dlamini teve o braço quebrado, comprometendo o início de sua temporada. Dlamini estava pré-escalado para o Tour Down Under na Austrália em 16 de janeiro. A radiografia abaixo mostra o úmero esquerdo do ciclista com fratura:

Nic Dlamini – Raio X | Repdrodução @VAnessa Sandes

Após os exames preliminares, Dlamini foi levado para um hospital especializado onde juntamente com o médico da equipe NTT Procycling serão decididos as próximas etapas para tratamento da lesão. A NTT Pro Cycling em declaração a imprensa condenou a violência aplicada ao ciclista e questiona seriamente a administração SANParks (autoridade que controla o acesso ao parque nacional de Table Mountain). A NTT ProCycling lembra também que a lesão pode comprometer a participação e chances de Dlamini nos jogos olímpicos de 2020 em Tóquio.

Administração do Parque emite nota bizarra

Em nota a administração do Parque Table Mountain declarou que o ciclista teve o braço quebrado por resistir a prisão no trecho da Silvermine . Em acordo com o guarda encarregado, o ciclista entrou no trecho de Silvermine sem pagar a taxa de conservação ou não mostrar prova de ter a permissão de pedalar. O incidente está sendo investigado e o “suspeito causou os ferimentos a si mesmo durante a inspeção”.

Sim você leu certo, acusam o ciclista de quebrar seu próprio braço.

Primeiro Ministro Sul-africano Alan Winde publicou declaração

O primeiro ministro sul-africano em pessoa foi ao hospital e publicou no final da tarde uma declaração. Nela indica que “não importa em que circunstâncias, não há desculpa para esse tipo de reação”. Prometeu estabelecer uma mesa redonda para discutir e reparar a relação entre a administração do parque e a comunidade ciclística. Winde destacou que a Cidade do Cabo tem trabalhado duro para se posicionar como um destino amigável para o ciclista. A província é sede de grandes eventos ciclísticos e recebe milhares de ciclistas, suas famílias e suas equipes de suporte anualmente e que estão determinados a manter essa imagem.

Sua opinião é importante, compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Next Post

Feliz 2020 e 5 destaques do ano 2019

Chega ao fim mais um ano no ciclismo profissional. Gostaria de agradecer a você leitor que torna possível um blogue que fala de ciclismo existir compartilhando e ajudando a divulgar o ciclismo. Começo nossa retrospectiva com as expectativas que tivemos para 2019. Entre as equipes a principal mudança foi a […]

Receba as novidades em seu e-mail

%d blogueiros gostam disto: